Cães e gatos são curiosos por natureza, principalmente quando são filhotes, afinal estão descobrindo e aprendendo um novo mundo e muitas vezes acabam experimentando o que não devem. Quais cuidados tomar se o seu cão ou gato consumir produtos de limpeza, venenos, plantas e flores, indevidamente.

Os primeiros sintomas são excesso de salivação, vômitos, tremores e diarreias, fique atento. Para a ingestão de produtos não abrasivos como plantas, flores e venenos, o ideal é induzir ao vômito, existem duas receitas caseiras:

- água oxigenada 10 volumes, com o auxílio de uma seringa, introduza uma medida no canto da boca do animal, mantendo a cabeça elevada;

- salmora caseira, água morna e filtrada com bastante sal, também com o auxílio de uma seringa, introduza uma medida no canto da boca do animal, mantendo a cabeça elevada;

Ambas as soluções são para provocar a contração do estomago, forçando o animal a vomitar e assim ele expulsa o produto ingerido. O ideal é que esse procedimento seja realizado em até 2 horas após a ingestão do produto e leva-lo ao veterinário o quanto antes.

Para ingestão de produtos abrasivos, como produtos de limpeza, o vômito não pode ser induzido, o que deve ser feito é dar clara de ovos, elas formam uma película que protege toda a mucosa, dando tempo do veterinário socorrer o animal.

Todo responsável pelo pet deve ter uma caixinha de primeiros socorros para emergências com os animais, um produto indispensável é o carvão ativado, ele gruda as toxinas e ajuda na eliminação através das fezes.

Recapitulando:

Substâncias abrasivas: clara de ovos (cru), uma dose de carvão ativado e vá o mais breve ao veterinário.

Substâncias não abrasivas: quando ingeridos até no máximo em 2 horas, induzir ao vômito com água oxigenada 10 volumes ou salmora caseira (água morna e bastante sal), uma dose de carvão ativado e vá o mais breve ao veterinário.

Fonte: Dra. Elaine Pessuto (UOL)

 

                                                                

Categoria:

Matérias